terça-feira, 29 de março de 2005

...


Uma coisa que eu não sou é ligada a modismos ( sempre espero a tsunami imposta pela mídia passar para adquirir o objeto de desejo ), mas dessa vez me rendi a sensação do momento: O Código Da Vinci.

Sinceramente não imaginava que o livro fosse bom, mas o que chama a atenção é como a história de Jesus ainda intriga cada vez mais gente.

Quem me conhece sabe que não sou Cristã, mas tenho profundo respeito quanto a qualquer forma de veneração divina. Agora, o que eu não consigo entender é o porquê dessa exposição tamanha em cima de uma vida oculta do "mestre" ( entre aspas mesmo porque cada um tem o seu ).

No meio de tantos "reality shows", a vida de Jesus, o Cristo, se tornou um. Aparecem debates na TV por causa disso ( aliás, como foi patético o programa da Luciana Gimenez sobre o tema ), documentários, livros, revistas, e agora já tem até excursão para seguir os passos dos personagens do livro.

Concordo plenamente que o "Divino" ( foi necessário as aspas de novo ) tenha casado, tido filhos, e whatever. Apesar de ser essa figura histórica ele era um cara comum como eu e você! Por que não fazer um dossiê pelicano em cima da figura de Ghandi, Buda, Muhamed, Zaratustra, Krishna, ...? Seria até mais interessante pois é mostrar formas diferentes, ideologias diferentes para uma massa carente de cultura.

Isso não é questão de levar a vida a sério demais, mas o lance é que hoje em dia até um personagem espiritual não escapa de fazer parte de um programa de fofocas, onde sua vida é mostrada como um bicho no zooloógico sem chances de se defender.

Patético.

7 comentários:

NightMaster disse...

Oi Larissa..... gostei muito da tua iniciativa de fazer um blog pra expressar as tuas idéias, que por sinal, são bem interessantes..... (ansioso por Exile). Beijos,
Ramiro

___ttt disse...

Boas Larissa, eu son de Galicia e estou lendo o Codigo.. e pareceme incrible que a historia dunha personaxe que non e máis ca unha persoa poida ter levado a historia da mentira máis grande xamais contada. Eu non creo en nada espiritual, mais penso que ese libro está cheo de cultura, e vale a pena ler.. apertas e que o teu blog teña moitos visitantes :)

http://diario-pirata.blogspot.com

___ttt disse...

Boas Larissa, eu son de Galicia e estou lendo o Codigo.. e pareceme incrible que a historia dunha personaxe que non e máis ca unha persoa poida ter levado a historia da mentira máis grande xamais contada. Eu non creo en nada espiritual, mais penso que ese libro está cheo de cultura, e vale a pena ler.. apertas e que o teu blog teña moitos visitantes :)

http://diario-pirata.blogspot.com

MiniRê disse...

Putz.... bem interessante mesmo isso.. afinal... estamos em um país livre... mas mesmo assim... nem sempre expomos nossas ideias.... axo q isso eh bem interessante... mesmo não concordando com td falado.... mas mesmo assim.. tiro o chapeu!

Bjos

Alucard disse...

Olá Larissa!
Seu blog é muito bom.. pois raramente encontramos blogs que expressem idéias inteligentes e que respeitam a opinião alheia..
Está de parabéns!

Anônimo disse...

infelizmente nem as "divindades" escapam de fofocas, intrigas e tudo mais... as pessoas poderiam respeitar um pouco mais tudo e todos... bjaum querida... Michelle § Lady Dana Dilber §

Tom disse...

É impressionante mesmo, tudo é transformado em hambúrguer. Especialmente quando se trata de uma emissora de tv aberta que faz tudo a seu alcance para manter as pessoas por três horas ligadas a um programa que é apresentado por uma modelo - nada contra a profissão, desde que seja exercida desfilando e posando. Quanto ao livro, acho que é uma ficção, para ser encarado como tal. Não duvido que a intenção do Dan Brown seja fazernos pensar e sentir, e questionar não sobre Jesus em si, mas sobre como várias coisas que tomamos como verdade absoluta sem um motivo aparente possam ser completamente distintas.

Beijo!